Arquivos da categoria: Sua Receita

Bolo da Gruta da Vó Olinda

Dia 30-7-2016 (Bolo da gruta Samara)

Um simples bolo de manteiga, mas com significado muito especial. O bolo da gruta recebeu a denominação dos moradores de Rio Fortuna, cidade do interior, onde vive a vó Olinda. A Gruta Nossa Senhora de Lourdes é um santuário especial para a região. Rio Fortuna é uma cidade muito religiosa e comemora a Festa do Padroeiro São Marcos e o dia da Nossa Senhora de Lourdes com muita festa. E o bolo da gruta é preparado com capricho para comemorar datas especiais e todo mundo adora. Quer experimentar? Anote a receita:

Ingredientes:
Massa:
4 ovos
1 xícara de manteiga
2 xícaras de açúcar
3 xícaras de trigo
1 xícaras de leite
1 colher de chá de fermento

Cobertura:
3 claras e açúcar

Modo de preparo:
Em um recipiente, adicione a manteiga derretida e o açúcar e mexa bem. Em seguida, acrescente a gema do ovo. As claras, bata em neve e reserve. Acrescente o leite e o trigo. Quando a massa estiver bem homogênea, adicione o fermento e, por último, as claras em neve. Pré-aqueça o forno em 200º C por 10 minutos. Unte uma forma média/grande com manteiga e trigo e asse por aproximadamente 40 minutos. Para a cobertura, bata as claras em neve. Quando estiver firme, adicione açúcar até formar o merengue. Decore o bolo com o merengue e confeitos.

Gostou da semana com receitas especiais de vovó? Envie uma pra gente!

*Samara Vieira é publicitária e atendimento na Oficina das Palavras.

Jornalista ensina receita de um bolo leve, sem glúten e sem lactose

Bolo Carla Fortes Superti
#glutenfree #zerolactose

Com esse friozinho, nada como um café com bolo para esquentar as tardes e acompanhar uma boa conversa. Além de adorar as palavras, a jornalista Carla Fortes Superti, moradora de Balneário Camboriú, também ama se aventurar na cozinha. A mãe da Carla tem intolerância ao glúten e lactose, então a filha sempre procura receitas legais e práticas. Além disso, ela também considera importante manter uma vida mais saudável. A dica de hoje é um bolo de laranja com açúcar demerara, coco ralado e morangos. A combinação é deliciosa e promete agradar a todos. Confira os ingredientes e o passo a passo:

Ingredientes para a massa do bolo:

3 ovos
1 xícara e meia de açúcar demerara
2 xícaras de farinha de arroz
1 copo de suco de laranja puro
½ xícara de óleo
1 colher de chá de fermento

Modo de fazer:
Separe as claras e as gemas. Bata as claras em neve e reserve. No liquidificador, coloque as gemas, o óleo, o açúcar, o suco de laranja e bata bem. Despeje a mistura do liquidificador em um recipiente e acrescente a farinha de arroz aos poucos, misturando bem. Adicione o fermento e mexa bem. Por último, acrescente as claras batidas até a massa ficar homogênea. Unte uma forma com óleo e um pouco de farinha de arroz (pode ser redonda ou aquelas retangulares que servem para fazer cucas ou pães).  Asse a 180º ou 220° por aproximadamente 40 minutos. Faça o teste do palito para saber se o bolo está pronto. Se o palito sair limpo é sinal de que está.

Recheio e cobertura:
A ideia é usar a criatividade e fazer vários tipos de recheios ou coberturas. A Carla estava com vontade de comer morangos e achou que um merengue combinaria muito bem. Pra completar, acrescentou coco ralado sem açúcar para dar um toque especial.

Ingredientes:
Morangos picados
3 claras
2 xícaras e meia de açúcar demerara
Coco ralado sem açúcar

Modo de fazer:
Para o açúcar não ficar cristalizado no merengue, é melhor peneirar a quantidade utilizada antes de misturar as claras ou então, bater ele puro no liquidificador. Depois disso, coloque o açúcar e as claras na batedeira e bata até formar a consistência de merengue desejada.

Montagem:
A Carla sugere duas formas. Uma é montar com o bolo inteiro e outra em fatias, como você pode conferir na foto. Depois de assar o bolo, espere esfriar por uns 20 minutos. Desenforme e corte o bolo em três partes com cuidado para não quebrar. Coloque o bolo em um prato, recheie com merengue, morangos e um pouco de coco ralado. Faça isso na segunda camada também. Na cobertura, coloque mais merengue para que ele escorra um pouco para os lados naturalmente. Decore com o coco ralado e os morangos. Se você quiser fazer no estilo de pequenas tortas, faça o bolo na forma retangular e corte três fatias, recheando e cobrindo como se fosse uma torta grande. Coloque em um prato e enfeite com morangos ao redor. Independente da montagem, o bolo fica com uma cara ótima! A Carla garante que é um sucesso. Experimente e conte sua experiência pra gente! E se você tiver alguma dica de receita, deixe nos comentários e coloque seu e-mail. Depois, o Senhor Sabor entra em contato para anotar a sua sugestão. J

Carla Fortes Superti

Truques para não errar no preparo da feijoada

Foto_017-2016 (Feijoada)_menor Credito - Jooo Guilherme de Carvalho via Visualhunt

Feijoada e Inverno são praticamente palavras sinônimas. Com o frio que logo deve chegar, é aberta oficialmente a temporada desse prato considerado um item básico na mesa dos brasileiros. Há quem utilize a feijoada como fonte de renda em eventos sociais e também tem aqueles que aproveitam a época do ano para adicionar o prato ao cardápio de alguma comemoração como, por exemplo, festas de aniversário.

Luiz Antonio Bergamo, que trabalha há mais de 10 anos com embutidos e defumados e é sócio da empresa Olho, defende que, no preparo da feijoada, as carnes mais indicadas são costelinha de porco, lombinho, linguiça (podendo ser a Linguiça Blumenau), paio, bacon e carne seca. Muita gente tem dúvida com relação a quantidade de ingredientes necessária por pessoa. O especialista em carnes e chef do Figueira Restaurante, Caio Fontenelle, ensina alguns truques para fazer uma feijoada completa e não errar na quantidade.

Feijoada completa
Ingredientes (por pessoa):
150g de carnes sem osso (carne seca, lombinho de porco, linguiça, paio e bacon)
300g de carnes com osso (costelinha de porco)
90g de arroz (cru)
90g de feijão preto (cru)
1/2 laranja
4 folhas de couve
60g de farofa

Observação: as quantidades de feijão e arroz consideram os acompanhamentos sugeridos acima. Caso outros acompanhamentos sejam acrescentados, como aipim frito, torresmo e ovo, o ideal é reduzir um pouco os volumes.

Foto_003-2014 (Linguica Blumenau)_menor

Dicas de preparo:
1) Deixar o feijão de molho durante a noite, isso facilitará o cozimento. Utilize a água restante do molho para cozinhar o feijão.
2) Se usar carnes salgadas, dessalgue em água fria na geladeira durante a noite. Troque a água e mexa as carnes pelo menos três vezes.
3) Antes de fazer a feijoada, escalde as carnes para tirar um pouco da gordura e o restante do sal. Coloque na panela e cubra de água. Deixe ferver por mais uns 20 minutos e depois acrescente o feijão e cozinhe até chegar ao ponto.
4) Carnes prontas, como a linguiça e o paio, deverão ser escaldadas e colocadas no feijão após o cozimento das primeiras, como lombinho, carne seca e costelinha, para que não desmanchem no processo.
5) Pegue umas duas xícaras de feijão (cozido) com o caldo, bata no liquidificador e retorne à panela para que engrosse o caldo.
6) O tempero da feijoada é feito a parte e colocado ao final do seu cozimento, isso trará mais sabor e frescor ao prato. Prepare em uma frigideira um refogado com cebola, alho e bacon e umas folhas de louro e adicione à panela.

Olho Embutidos e Defumados
Rua Ribeirão Areia, 1822, Bairro Ribeirão Areia, Pomerode (SC)

Figueira Restaurante
Rua Mariana Bronnemann, 527, Bairro da Velha – Blumenau (SC)

Schornstein ensina receita de patê para servir com Pão de Cerveja

A linha de pães Schornstein Brot é produzida com grãos de malte

Foto_002-2016 (mesa 1)

Há pouco mais de um ano, a Cervejaria Schornstein desenvolveu um projeto para dar origem a um novo produto. Os grãos de malte, usados no processo da produção de cerveja, foram reutilizados e tornaram-se um dos ingredientes de deliciosas receitas do Schornstein Brot, o pão de cerveja.

“São grãos nobres, de alto valor nutritivo e rico em fibras que antes eram descartados. Como forma de aproveitamento deste material, decidimos fabricar e comercializar um novo produto”, explica Adilson Altrão, diretor da Cervejaria.

Em janeiro deste ano, a cervejaria de Pomerode iniciou a produção de cinco mil pães por mês. A linha tem três versões: Pilsen, IPA e Weiss, mas a intenção é que futuramente também estejam disponíveis em todos os estilos de cervejas que a Schornstein oferece.

Atualmente, a cervejaria já disponibiliza o pão para venda em 16 pontos da região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina, e pretende expandir para todo o Brasil. Quem tiver interesse em revender o Schornstein Brot, pode entrar em contato através do e-mail: pao@schornstein.com.br

E como muitos ingredientes e bebidas da gastronomia alemã se destacam pela fácil harmonização, nada como a famosa linguiça Blumenau e o bom e velho chope para acompanhar este pão. Anote a receita de um patê fácil, que combina muito bem com cerveja artesanal.

Receita de patê de linguiça Blumenau
Ingredientes:
Uma linguiça Blumenau OlhoUma caixa de creme de leite
100 gramas de requeijão
½ colher de chá de orégano
Bater todos os ingredientes no liquidificador até ficar com uma consistência pastosa.

Foto_008-2016 (PILSEN_angulo)

Confira os pontos de venda do Schornstein Brot:

Pomerode
Restaurante Siedlertal
Confeitaria Torten Paradies
Auto Posto Pomerode
Nutri Leve (produtos naturais)
Currywurst Bar Empório
Kneipe Schornstein
Restaurante Wunderwald
Empório Raiar

Blumenau
Empório Blumenau
Amantes do Café
Thapyoca
Empório Frozen

Timbó
Supermercado Schutze

Pomerode/Indaial/Gaspar
Mocan

 

Schornstein
Rua Hermann Weege, 60, Centro, Pomerode (SC)

Saiba como fazer o hambúrguer vegetariano do restaurante Madero

Cheeseburger Vegetariano2_Nilo Biazzetto

Foto: Nilo Biazzetto

Nem só de hambúrguer de carnes nobres vive o cardápio do Madero Restaurante. O local mantém na carta uma receita exclusiva aos vegetarianos. Lançado no ano passado em toda a rede, a iguaria faz parte do cardápio FIT – que tem também os cheeseburgers com menos sal, além de palmito pupunha na manteiga e flor de sal e um sorvete de framboesa com calda de frutas vermelhas sem lactose como sobremesa.

O objetivo do chef Junior Durski, proprietário da rede, é atender um público cada vez mais preocupado com a saúde e o bem-estar. O cardápio FIT representa 15% do faturamento da Rede Madero.

“A ideia é oferecer uma opção de alimentação sempre saudável e fresca, com produtos e serviços de qualidade”, diz o chef.

O hambúrguer veggie desenvolvido pelo Madero é uma mistura de quinoa, aveia, cenoura, cebola, cebolinha, alho poró e temperos. Depois é grelhado na churrasqueira e fica com um sabor e consistência tal qual o de carnes. Também acompanha creme de palmito, queijo cheddar com menos sódio, alface, tomate, cebola grelhada e salada.

E a receita não é segredo. Tanto que a equipe Madero ensina a fazer em casa.

Ingredientes
200g de quinoa
100g de aveia em flocos
10g de salsinha
10g de cebolinha
40g de alho poró
25g de shoyo
1 pitada de pimenta do reino
13g de óleo de milho
35g de farinha de rosca
240ml de água (para cozinhar a quinoa)
35g de farinha de trigo integral
7g de sal
1g de pimenta
50g de cebola triturada
2g de alho triturado
1 pitada de páprica doce
1 pitada de cúrcuma
10g de óleo de milho para o refogado
60g de cenoura para o refogado
35g de cebola para o refogado
2g de alho para o refogado
1 pitada de sal para o refogado
1 pitada de pimenta do reino para o refogado

Modo de Preparo
1. Pese os ingredientes. Reserve.
2. Coloque a quinoa em panela e refogue. Coloque a água e deixe cozinhar até que fique bem cozida.
3. Rale a cenoura e frite junto com a cebola triturada e o alho. Enquanto isso, corte o alho-poró bem fino e junte na frigideira. Refogue, quando amaciar, desligue. Deixe esfriar.
4. Misture em uma bacia a aveia e o shoyo, em seguida junte com os legumes refogados. Acrescente o restante dos ingredientes (as farinhas, o sal, as pimentas, a cúrcuma, páprica doce, a salsinha e a cebolinha) e amasse até dar liga.
5. Faça bolinhas de 130g e, após, o formato de hambúrguer e grelhe em fogo forte.

Rendimento: sete unidades de 130g.