Arquivo da tag: bebidas

Bebidas tradicionalmente catarinenses

Se tem algo que está no imaginário do catarinense são quatro marcas de bebida que fizeram (e fazem) parte da infância de quem por aqui cresceu. E o Senhor Sabor relembra agora as delícias destas quatro empresas estaduais que ganharam o mercado angariando e contribuindo com experiências pessoais. Quais delas você mais se recorda?

foto_024-2016-pureza-floripa

Pureza
Tem 111 anos de tradição. Por isso a centenária é reconhecida por gerações. Surgiu em Rancho Queimado, no Sul catarinense. A primeira bebida foi a cerveja “Tira Prosa”, que mais tarde ganhou uma versão não-alcoólica chamada de “cerveja-doce”. Não tardou para ser fabricada no sabor guaraná e receber o nome de Pureza.

foto_027-2016-max-wilhelm-blumenau

Max Wilhelm
A Max Wilhelm nasceu em Jaraguá do Sul, mas transferiu o parque fabril para Blumenau, onde mantém até hoje. A fundação foi em 1925 e, atualmente, são 11 diferentes sabores de refrigerantes e quatro bebidas saborizadas. Os sabores laranjinha e framboesa permearam a infância de muita gente. Cores e sabores que marcaram muitas pessoas.

foto_025-2016-laranjinha-agua-da-serra-braco-do-norte

Agua da Serra
Em 1943, em Braço do Norte, surgia a Agua da Serra. Em um espaço com apenas dois cômodos, iniciou suas atividades com a produção das Gasosas de Framboesa, Limão, Guaraná e da bebida alcoólica Bitter e do Vinagre Vegetal. O trabalho era artesanal e as entregas eram feitas com carroças em Braço do Norte e nas cidades vizinhas. Mas a empresa cresceu, evoluiu com o mercado e hoje faz vendas até pela internet. A tradicional laranjinha e seu jingle são relembrados pelos catarinenses. A repercussão tornou-se ainda maior quando, há algumas semanas, foi lançado um picolé de Laranjinha Agua da Serra em parceria com a Paviloche Sorvetes.

foto_026-2016-chocoleite-jaragua-do-sul

Chocoleite
Não é à toa que todas estas bebidas ganharam espaço na vida de quem vive em Santa Catarina. A Chocoleite, de Jaraguá do Sul, também é do começo dos anos 1900: 1913 para ser mais exato. O empreendedor Gustavo Gumz percebeu a oportunidade de adquirir o leite produzido na região e instalou uma pequena fábrica de laticínios. A famosa bebida, no entanto, chegou somente em 1959. O achocolatado tem um sabor único e marcou gerações inteiras.

Vamos entrar no clima de São João?

CO_arraia_bandeirinhas

🎼“O balão vai subindo
vai caindo a garoa
o céu é tão lindo
a noite é tão boa

São joão, São joão
acende a fogueira do meu coração” 🎼

E esta vontade de sair dançando? Como faz pra controlar? 💃


 

Nos meses de junho e julho são realizadas, em todo o Brasil, as Festas de São João ou Festas Juninas. Em algumas regiões, os festejos em homenagem a Santo Antônio, São Pedro e o próprio São João movimentam o calendário a partir de maio e encerram somente em agosto. O número de comidas e bebidas típicas é tão grande que torna a festa uma das mais populares no país. De Norte a Sul, de Leste a Oeste, não importa onde, algumas comidas e bebidas não podem faltar. Por isso, separamos as principais, além de uma receita deliciosa de Pé de Moleque.

Principais comidas e bebidas de Festa Junina:

– Arroz Doce: prático, rápido e super saboroso, esta é uma sobremesa simples com poucos ingredientes. A receita pode levar apenas leite ou também o leite condensado. Algumas pessoas gostam de colocar cravo e canela, para dar aquele toque especial.

1- Arroz doce

Canjica: é um prato muito comum no Nordeste e Sul do país, mas em cada região o significado é diferente: no Nordeste  é conhecido por canjica o creme ou mingau de milho. Já em São Paulo e Sul, conhece-se por canjica o milho branco debulhado e cozido no leite.2-Canjica

Bolo de milho: a receita tradicional é feita no liquidificador e por levar milho e leite condensado fica com uma consistência cremosa. A dica aqui é combinar com uma das bebidas quentes típicas de São João, como o quentão.

3-Bolo de milho

Cachorro quente: o mais comum durante as festas é servi-lo em um saquinho ou guardanapo xadrez. Uma dica é deixá-los todos montados para que as pessoas já os peguem prontos.

4- Cachorro Quente
– Milho verde: cozinhar milho parece uma tarefa bem simples, não é mesmo? Mas existem alguns segredinhos, uma dica é colocar um pouco de açúcar na água de cozimento.

5- Milho

–  Pinhão: um dos queridinhos das Festas Juninas, o Pinhão pode ser feito cozido ou assado no fogão a lenha (ou em chapas). É bastante comum na região Sul do Brasil e tem um grande valor nutricional. COLOCAR LINK DO BLOG SOBRE AS RECEITAS DE PINHÃO

6- Pinhao

– Pipoca: a pipoca não pode faltar nas festas juninas. Uma dica é colocar em saquinhos na hora de servir.

7- Pipoca

 

Doces

 Cocada/ Quindim / PaçocaDoce de Abóbora/ Maria-mole/ Maçã do amor/ Suspir/  Rapadura
8-15 Doces

 Bebidas

 – Vinho Quente: nessa opção, o vinho é fervido com água, cravo, canela, gengibre e maçã. A bebida fica bem aromatizada e lembra o quentão, porém, o sabor é mais suave, já que não leva pinga. A quantidade de vinho pode ser mudada conforme sua necessidade.

16- Vinho quente

 Quentão: essa é a bebida mais tradicional das Festas Juninas. A receita leva vinho, cachaça, algumas frutas e especiarias, criando um sabor único.

17-Quentao

 Entre no clima de São João com a Playlist: https://www.youtube.com/playlist?list=PLQ-WFCDLD86j7KfkfRfDI3FYpJ4g0Na2y

 

 

 

Chocoleite amplia linha de produtos e aposta em refrescos

Os benefícios do Chá Verde, Guaraná e Açaí são inúmeros. O Chá Verde, por exemplo, é ótimo para desintoxicar o organismo, já o Guaraná, bem como o Açaí, além de energético, é antioxidante, ajudando no combate ao envelhecimento das células do corpo. E foi pensando nesses benefícios, que a partir desse mês,   a Chocoleite Indústria de Alimentos Ltda incorpora ao seu leque de produtos, refrescos de guaraná, chá verde com limão e guaraná com açaí. As bebidas serão produzidas em copos de 290ml e também contarão com versões zero caloria e zero açúcar, como é o caso do sabor Chá Verde com Limão. A previsão é de que os consumidores catarinenses encontrem os produtos da marca Campestre a partir da segunda quinzena de março.

Foto_004-2014 (Campestre Guarana com Acai)

A aposta da Chocoleite em novas linhas de produtos teve início em 2011, quando adquiriu a empresa Lactoplasa, de Lages. Neste período, o mix passou de sete para 29 itens. Somente no último ano, o grupo investiu mais de R$ 1,5 milhão no desenvolvimento de novos produtos e linhas de produção. A meta é que, com as novidades, a Chocoleite cresça 20% em 2014.

Cocktail coletivo: Sex on the Beach

Sex on the Beach é um dos drinks mais famosos do mundo e que provavelmente você já deve ter experimentado alguma vez. Em Blumenau o Nibbles promove uma experiência diferente aos cliente: serve 1,5litro da bebida numa grande taça para quatro pessoas ou mais.

Foto_179-2013 (Nibbles_Carla C.)

 

Foto: Carla C., no Fousquare

O cocktail coletivo faz sucesso na casa e ainda leva junto um combinado de frutas tropitais. O valor da bebida no Nibbles custa R$ 60. Vai dividir?

Foto_179-2013 (Nibbles_Jackson G.)

Foto: Jackson G., no Foursquare

Para não deixar ninguém com água na boca nós buscamos uma receita da bebida para compartilhar com você!

Sex on the Beach
Ingredientes
40ml de Vodka
20ml de Licor de Pêssego
40ml de Suco de Laranja
1 colher de sobremesa de Açucar
Gelo a gosto
40ml de Suco de Cranberry (suficiente para enfeitar o fundo do copo)

Modo de preparo
1. Misture todos os ingredientes, com EXCEÇÃO da groselha.
2. Bata na coqueteleira.
3. Coloque a mistura num copo e depois inclua a groselha.
4. Sirva gelado.

Cachaça é produto genuinamente brasileiro para norte-americanos

Desde ontem (11/4) a cachaça passa a ser reconhecida pelos EUA como produto genuinamente brasileiro. Outra boa notícia para o país que vem da terra do tio Sam é que a cachaça e vodka produzidas no Brasil receberam medalha de ouro em concurso mundial.

As bebidas da Puríssima do Brasil tiveram destaque na 13ª edição do San Francisco World Spirits Competition, realizado no mês de março. O evento bateu recorde de inscrições e reuniu produtos de todo o mundo.

A cachaça e a vodka Inox foram avaliadas por 34 degustadores, considerados os melhores paladares da indústria de bebidas. A cachaça recebeu dupla medalha de ouro e a Vodka Inox Original surpreendeu os jurados também levando medalha de ouro. A bebida recebe o título de melhor vodka fabricada na América Latina entre as que participaram do concurso.