Arquivo da tag: Chapecó

Saiba como fazer o hambúrguer vegetariano do restaurante Madero

Cheeseburger Vegetariano2_Nilo Biazzetto

Foto: Nilo Biazzetto

Nem só de hambúrguer de carnes nobres vive o cardápio do Madero Restaurante. O local mantém na carta uma receita exclusiva aos vegetarianos. Lançado no ano passado em toda a rede, a iguaria faz parte do cardápio FIT – que tem também os cheeseburgers com menos sal, além de palmito pupunha na manteiga e flor de sal e um sorvete de framboesa com calda de frutas vermelhas sem lactose como sobremesa.

O objetivo do chef Junior Durski, proprietário da rede, é atender um público cada vez mais preocupado com a saúde e o bem-estar. O cardápio FIT representa 15% do faturamento da Rede Madero.

“A ideia é oferecer uma opção de alimentação sempre saudável e fresca, com produtos e serviços de qualidade”, diz o chef.

O hambúrguer veggie desenvolvido pelo Madero é uma mistura de quinoa, aveia, cenoura, cebola, cebolinha, alho poró e temperos. Depois é grelhado na churrasqueira e fica com um sabor e consistência tal qual o de carnes. Também acompanha creme de palmito, queijo cheddar com menos sódio, alface, tomate, cebola grelhada e salada.

E a receita não é segredo. Tanto que a equipe Madero ensina a fazer em casa.

Ingredientes
200g de quinoa
100g de aveia em flocos
10g de salsinha
10g de cebolinha
40g de alho poró
25g de shoyo
1 pitada de pimenta do reino
13g de óleo de milho
35g de farinha de rosca
240ml de água (para cozinhar a quinoa)
35g de farinha de trigo integral
7g de sal
1g de pimenta
50g de cebola triturada
2g de alho triturado
1 pitada de páprica doce
1 pitada de cúrcuma
10g de óleo de milho para o refogado
60g de cenoura para o refogado
35g de cebola para o refogado
2g de alho para o refogado
1 pitada de sal para o refogado
1 pitada de pimenta do reino para o refogado

Modo de Preparo
1. Pese os ingredientes. Reserve.
2. Coloque a quinoa em panela e refogue. Coloque a água e deixe cozinhar até que fique bem cozida.
3. Rale a cenoura e frite junto com a cebola triturada e o alho. Enquanto isso, corte o alho-poró bem fino e junte na frigideira. Refogue, quando amaciar, desligue. Deixe esfriar.
4. Misture em uma bacia a aveia e o shoyo, em seguida junte com os legumes refogados. Acrescente o restante dos ingredientes (as farinhas, o sal, as pimentas, a cúrcuma, páprica doce, a salsinha e a cebolinha) e amasse até dar liga.
5. Faça bolinhas de 130g e, após, o formato de hambúrguer e grelhe em fogo forte.

Rendimento: sete unidades de 130g.

Corte de carne suculento e saboroso é o Senhor Sabor do chef Junior Durski

Ficha técnica
Chef: Junior Durski
Restaurantes: Madero e Durski
Cidades: (Madero) Araquari, Balneário Camboriú, Barra Velha, Blumenau, Brusque, Chapecó, Florianópolis, Itapema, Joinville, Lages, São José e (Durski) Curitiba.

Madero_Chef_1

A mãe, exímia cozinheira, partiu. Com isso, Junior Durski precisou se virar na cozinha. Primeiro na churrasqueira, depois no fogão. Cozinhava para os amigos, conhecidos e para quem aparecesse atrás de uma comida boa e caseira.

“Comecei a cozinhar sozinho com as receitas das minhas avós e da minha mãe”, recorda.

Até que, em 1999, abriu o Restaurante Durski para servir receitas de sua família de origem ucraniana e polonesa. Para ele foi uma grande aventura, por nunca ter tido experiência na área. O restaurante foi muito bem de crítica, mas não de público. Era um hobby que fazia o chef feliz, mas nunca dava lucro. Hoje, no entanto, o Durski é referência em alta gastronomia em Curitiba.
De lá, nasceu também o Madero Restaurante, hoje com 11 unidades em Santa Catarina. Era 2005 quando o primeiro foi inaugurado, na capital paranaense. O Madero é fruto das pesquisas do chef Junior Durski por diversos países. Suas experimentações gastronômicas o ajudaram na criação daquele que é tido como o melhor hambúrguer do mundo.

Madero_Chef
Para o chef, o que não pode faltar no dia a dia profissional é a total qualidade, tanto nos produtos servidos quanto nos serviços oferecidos aos clientes. E na sua lista de ingredientes indispensáveis está um bom corte de carne, suculento e saboroso. Ele casa bem com seu Senhor Sabor: churrasco e comida eslava.

“Ambos me relembram os tempos de infância, quando morava em Prudentópolis, no Interior do Paraná. Meu pai era um excelente assador de carnes e sempre servia maravilhosos churrascos para a família”.

Já a comida eslava o faz lembrar da avó, Isabel Ossowski, de origem ucraniana, com quem passou boa parte da infância.

Rodízio de carnes nobres em Chapecó de babar!

Uma volta pelo Oeste Catarinense e nossa equipe foi convidada para conhecer o Spettus Cozinha Fusion. O restaurante tem 26 anos de história e 19 casas espalhadas pelo Brasil e Argentina.

spettus_Chapeco

O Spettus promove uma fusão de conceitos gastronômicos entre carnes nobres, frutos do mar e pizzas. Nossa equipe almoçou por lá num delicioso rodízio de carnes nobres. Neste mês de fevereiro o rodízio direito à salmão grelhado no almoço de segunda a sexta fica por R$ 24,90. É maravilhoso!

spettus_Chapeco2

Serviço:
Spettus Cozinha Fusion
Rua Benjamin Constant, 99 D – Calçadão – Chapecó (SC)
Telefone: (49)3323-5040
 

Restaurantes de Chapecó não poderão mais ter saleiro nas mesas

A partir desta terça-feira (20/8) os restaurantes, bares e lanchonetes de Chapecó não poderão mais deixar os saleiros em cima das mesas. A iniciativa é de um vereador e médico da cidade no Oeste Catarinense. O estabelecimento que descumprir a lei será multado em R$ 1.038.

Foto_133-2013 (sal no restaurante)

A alegação do legislador é que o número de pessoas com pressão alta não para de crescer na cidade. Quem quiser mais sal na comida terá que pedir ao garçom. E você, o que achou disso?

Foto_134-2013 (sal no restaurante)

Sobre o consumo de sal:

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o consumo ideal de sal não deve passar de 5 gramas por dia. O brasileiro ingere em média 15 gramas por dia. O consumo de sal em excesso está ligado à hipertensão, infartos e retenção de líquido.