Arquivo da tag: curiosidade

Fruta da Estação: Caqui

Hoje é o dia nacional da Saúde e Nutrição, e para celebrar esta data, o Senhor Sabor convidou a nutricionista Jaqueline Bordignon, natural de Videira -SC, para falar sobre uma fruta muito nutritiva e que está em abundância nessa época do ano.

caquiblogformasaudavel

O caquizeiro é originário da China, sendo também muito cultivado no Japão e em diversas partes do mundo, assim como no Brasil, onde o fruto se adaptou muito bem devido ao clima tropical. É uma fruta típica dos meses de março a maio. Independente da variedade considerada, o caqui possui elevada qualidade nutricional. Em sua polpa, existe alta concentração de vitaminas antioxidantes, como a vitamina A, C e polifenóis, fibras e diversos sais minerais como ferro, fósforo e cálcio. Saiba mais sobre os itens citados:

– Ação antioxidante: permite o combate na formação de radicais livres, que são famosos por acelerar o envelhecimento.

– Fibras: em associação ao consumo de bastante água, auxiliam no bom funcionamento do intestino.

– Ferro: a principal função do ferro é o transporte de oxigênio no organismo, portanto, sua carência pode levar ao aparecimento de doenças como anemia que está diretamente ligada aos sintomas de cansaço e palidez.

– Fósforo:  atua em processos orgânicos como contração muscular, transmissão de impulsos nervosos do cérebro para o corpo e secreção de hormônios.

– Cálcio: Em conjunto com o fósforo participa da formação dos ossos, mantêm a integridade do esqueleto e ajuda a formar e fortalecer o esmalte dos dentes.  Ainda, o cálcio ajuda a manter o equilíbrio no Ph do sangue.

Conforme a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO) em um caqui médio (100 gramas) existe cerca de 71 kcal calorias; 6,5 g de fibras; 18 mg de cálcio; 29,6 mg de vitamina C e 18 mg de fósforo. Para pessoas sem nenhuma restrição, a orientação é consumir no mínimo 3 frutas por dia, sendo assim, procure variar o tipo e priorizar as frutas de cada época, que além de serem mais acessíveis, são encontradas com maior facilidade e tendem a ser mais frescas.

*Por Jaqueline Bordignon

 

Amamos a dica!

Você já abriu o ovo no meio da receita e quando viu ele estava estragado no meio daquela farinha e massa? Resultado: tudo para o lixo! Encontramos uma dica super bacana e que vale gastar uns minutinhos antes da receita para economizar ingredientes depois!

dica_ovo1

O ovo FRESCO é pesado devido ao maior volume de água. Pousará horizontalmente no fundo do copo. Está ideal para consumir.

dica_ovo2

Se o ovo não é fresco, a bolsa de ar se expande fazendo o ovo boiar na água, com a ponta para baixo. Consumí-lo o quanto antes.

dica_ovo3

O ovo VELHO e ESTRAGADO contém muito ar e irá boiar até a superfície da água. Não consuma este ovo.

 

 

Rede social desenvolvida em Itajaí reinventa a forma de cozinhar e compartilhar receitas

Recortar uma receita gostosa das páginas de uma revista para fazer depois. Anotar à mão em um caderninho os ingredientes daquele suflê de legumes que só a sua vizinha sabe fazer. Quem nunca? Pensando nesse costume rotineiro e antigo de troca de receitas, mas nem sempre prático, a rede social de gastronomia Pip!  – uma mistura de Instagram e Pinterest – foi criada por três empreendedores de Itajaí, um engenheiro, um designer e um administrador. Não importa onde a pessoa esteja. Basta entrar no Pip! pelo celular, tablet ou computador e pegar a receita que deseja ou ainda compartilhar com os outros integrantes.

2013-12-09_102834– Percebemos que as pessoas tinham necessidade de compartilhar receitas, anotavam as que queriam, mas depois não as encontravam. Ou postavam fotos de comida em uma rede social mas não compartilhavam a receita – explica Guido Jackson, um dos criadores do Pip!

A rede entrou no ar em novembro do ano passado e reúne cerca de 40 mil pessoas. Sem ter um controle rígido do que é postado, o empresário diz que até agora os participantes entenderam o espírito e colocam apenas imagens de comida com as receitas. Um monitoramento do que é publicado é feito pelos criadores e há uma ferramenta para que os próprios usuários denunciem conteúdo impróprio.

Assim como no Facebook, no Pip! dá para comentar e curtir, a diferença é que o usuário preserva a postagem sem que ela se perca em meio a novas atualizações do perfil. Uma galeria de imagens vai sendo formada como um grande mural de receitas.

 

Fonte: Jornal de Santa Catarina/Gastronomia

Como tornar o chope ainda mais refrescante no Verão

A estação mais quente do ano está chegando e as altas temperaturas convidam para degustar um chope gelado. Mas você sabe como tornar a bebida paixão dos brasileiros, ainda mais saborosa e refrescante? O beer sommelier e gerente de produção da Das Bier Cervejaria, Leandro Schmitt apresenta alguns critérios de avaliação e dá dicas de como consumir a bebida durante os dias mais quentes.

Chopes ideais para consumo no Verão

O tipo Pilsen é um dos preferidos para esta época do ano, pois é considerado mais leve. Tem baixa fermentação, tornando a degustação ainda mais saborosa. Outro chope ideal para a estação é o Weizen (trigo), pois é cremoso, turvo, possui traços de cravo e notas frutadas, que proporcionam uma sensação refrescante.

Das_Bier_Gabriele H.2Foto: Gabriele H., no Foursquare

Temperatura ideal do chope

A temperatura depende do tipo da bebida. Os chopes mais leves devem ser servidos com temperatura de 2º a 7º, como os tipos Pilsen e Weizen. Já as bebidas que possuem alta fermentação, devem ser consumidas com temperatura de 10º a 13º, como o Das Bier Stark Bier, que possui amargor acentuado, presença de toffee e rapadura. Independente do tipo de chope, ele deve ser consumido na temperatura adequada e não estupidamente gelado, pois amortece as papilas gustativas e inibe aromas e sabores.

 Das_bier_Ian Augusto J.Foto: Augusto J., no Foursquare

O copo não precisa estar gelado

O copo tem que estar na temperatura ambiente. O consumidor deve ficar atento à higienização. Quando o copo está sujo, algumas bolhas se formam nas bordas do chope. A gordura do objeto elimina a espuma da bebida, fazendo com que o chope perca a carbonatação, alterando seu sabor e textura.

 

O que fazer para tirar um bom chope

Ao abrir a torneira, o copo deve ser inclinado a 45º, voltando gradativamente à vertical. Ao final, é necessário acrescentar colarinho com 3cm à 4cm de tamanho. O colarinho ajuda a manter a carbonatação, ou seja, todos os aromas, sabores e a temperatura ideal.

Já provou o sorvete produzido em Santa Catarina?

O Verão está batendo na porta! Você sabia que Santa Catarina tem fábrica de sorvetes? Em Taió nasceu em 1978 uma fábrica de sorvetes. A Kimyto produzia na época sorvetes de forma artesanal em uma máquina antiga, já usada por muitos comerciantes em 1965.

torta_alema

Depois de pronto, os sorvetes da empresa, na época chamada Milk Creme, eram comercializados pelo filho mais velho Martin Brandt em caixas de isopor por uma bicicleta de carga.  Em 1995 a empresa mudou o nome o nome atual, Kimyto, e em 2008 foi a primeira indústria de sorvete no Brasil a ser certificada ISO 22000:2006.

cookies

Entre os produtos comercializados atualmente estão sorvetes Premium, de 1 litro, 1,5 litro e 2 litros, sem lactose, light, sundae e cone. Que saber mais sobre a Kimyto? Acesso o site deles www.kimyto.com.br.