Arquivo da tag: Escola Superior da Cerveja

Certificação internacional: Escola Superior de Cerveja e Malte realiza aulas concentradas no período de férias

Foto_002-2016 (Cursos de ferias_certificacao internacional)

Cursos do segmento cervejeiro reconhecidos em nível internacional serão oferecidos no mês de julho. Serão realizadas aulas concentradas de Tecnologia Cervejeira Avançada do VLB Berlin, instituto da Alemanha que fornece pesquisa e formação para a fabricação da bebida. E também será realizado curso de Sommelier de Cervejas com certificação da Doemens Akademie, secular escola alemã no segmento. A Escola Superior de Cerveja e Malte oferece essas duas opções para atender a demanda de estudantes que querem receber o conhecimento das instituições que são referência mundial na produção cervejeira.

O curso com apoio do VLB Berlin será ideal para os cervejeiros que buscam conhecer mais sobre as opções tecnológicas disponíveis para a produção, matérias-primas avançadas, fermentação, maturação e filtração. A proposta é elaborada pelo tradicional instituto da Alemanha e desenvolvida para o mercado brasileiro. As aulas serão aplicadas pelo Brewmaster da VLB, Berlin e coordenador internacional para a América Latina, Portugal e Espanha, Roberto Biurrun, que é especialista em gerência de tecnologia pela Universidade de Simón Bolívar e possui mais de 20 anos de experiência na área em diversas cervejarias internacionais. Ao todo serão 40 horas divididas entre os dias 11 e 15 de julho.

Foto_001-2016 (Cursos de ferias_certificacao internacional)

Nas aulas concentradas de Sommelier de Cervejas, com certificação internacional da Doemens Akademie, os estudantes poderão aprender detalhes para atuar nas áreas de produção, atendimento e eventos. Será possível conferir as características predominantes das cervejas, a manutenção da qualidade e a apresentação da bebida. A proposta conta com o apoio de oito professores renomados no Brasil, Alemanha e América Latina. Com carga horária de 100 horas, o curso inicia em 18 de julho e seguirá até o dia 30 de julho.

Ainda no mesmo mês, a Escola Superior de Cerveja e Malte também vai oferecer os cursos de Harmonização com Cervejas, no segmento de gestão o curso Como Montar a Sua Cervejaria e, na área de tecnologia e produção, cursos de Cervejeiro Artesanal – Home Brewer; Equipamentos, Automação e Layout e as novidades Microbiologia da Cerveja – Da levedura ao controle de qualidade, e Tecnologia de Produção de Refrigerantes e Refrescos.

Para contemplar estudantes do Brasil, a Escola reuniu diversas opções de cursos concentrados em julho para quem quiser se aperfeiçoar poderia frequentar os cursos oferecidos em tempo integral durante outros meses do ano. As inscrições estão abertas e podem ser feitas através do site da Escola Superior de Cerveja e Malte.

Escola Superior de Cerveja
Rua Elsbeth Feddersen, 72, Salto Norte, Blumenau.

Profissionais que são referência no setor cervejeiro da América Latina estarão no Cervecon

Congresso Latino Americano de Ciência e Mercado Cervejeiro está com inscrições abertas para palestras e apresentações de trabalhos científicos

Foto_002-2016 (Cervecon_ingredientes_divulgacao ESCM)

O Vale do Itajaí, reconhecido na América Latina pela conservação da cultura europeia e a produção cervejeira, será invadido por profissionais de referência internacional no 1º Congresso Latino Americano de Ciência e Mercado Cervejeiro (Cervecon). O evento será realizado entre os dias 7 e 9 de julho no Parque Vila Germânica e na Escola Superior de Cerveja e Malte.

Na programação inicial estão nomes de peso do segmento como o mestre em tecnologia de malte e cerveja, o sommelier argentino Martín Boan e o eleito um dos cinco melhores sommeliers de cerveja do Brasil em 2014, Alexandre Bazzo, que irão participar do debate sobre as tendências do Mercado Cervejeiro. A fundadora do laboratório de qualidade em microcervejarias, Gabriela Muller, vai apresentar questões sobre o Controle Microbiológico e o pesquisador da Embrapa Euclydes Minella, abordará os desafios e perspectivas da produção de cevada cervejeira, além de diversas outras discussões com foco na produção e gestão da bebida.

Foto_005-2015 (Lab_microbiologia_menor_corte)
O Congresso contará com seminários e palestras, exposição de publicações técnico-científicas e a realização de uma Feira de Negócios do Mercado Cervejeiro.

“Teremos uma programação especial para quem atua nos segmentos de gestão e produção cervejeira, pois os estudos cresceram muito nos últimos anos e queremos garantir o aprimoramento constante do setor’”, explica Nehemias Ramos, organizador do evento.

A programação ainda não está fechada e novos nomes podem fazer parte da cartela de profissionais que integrarão o seminário. As inscrições para as palestras já estão abertas e podem ser feitas através do site do Cervecon.

Foto_001-2016 (Cervecon)

 

Escola Superior de Cerveja
Rua Elsbeth Feddersen, 72, Salto Norte, Blumenau

Cerca de 750 pessoas participam das palestras e workshops durante o Festival Brasileiro da Cerveja

Foto_024-2014 (harmonizacao_divulgacao Schutterstock)

Vinte e nove horas de palestras e workshops rechearam de informação a edição 2016 do Festival Brasileiro da Cerveja. Mais de 750 admiradores do segmento, entre cervejeiros novatos e os mais experientes na área, participaram da programação no auditório da Vila Germânica e na Escola Superior de Cerveja e Malte. Foram realizadas palestras com temáticas voltadas à gestão, degustação e harmonização e produção industrial e caseira. A programação ainda contou com eventos técnicos para profissionais que já atuam no segmento com debates e seminários sobre processos de produção, insumos e matéria-prima para a fabricação de cerveja.

Foto_002-2016 (Festival da Cerveja 2016_Divulgacao ESCM)

 

“O Festival é o momento em que todos aproveitam para dividir conhecimento e ampliar ainda mais o setor no Brasil”, afirma o diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte, professor Carlo Enrico Bressiani.

Foto_001-2015 (Escola Superior de Cerveja_Pub_menor)

Escola Superior de Cerveja
Rua Elsbeth Feddersen, 72, Salto Norte, Blumenau (SC)

Mercado cervejeiro exige criatividade e constantes inovações

Foto_001-2016-Laboratorio_arquivo

Segmento que cresce cerca de 25% ao ano atrai ainda mais investidores e faz com que empresários busquem um nicho inexplorado para driblar a concorrência

A cerveja é a paixão dos brasileiros e não é de hoje que o mercado cervejeiro também se tornou. O segmento cresce cerca de 25% ao ano, segundo dados da Associação Brasileira de Microcervejarias (Abracerva). Com tantos números positivos, aumenta também o interesse dos investidores em apostar neste setor. Para driblar a concorrência cada dia maior, empresários do ramo devem buscar um posicionamento diferenciado para ampliar os lucros e conquistar novas oportunidades.

De acordo com o diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte, professor Carlo Enrico Bressiani, além de saber quais os objetivos, conhecer a realidade do mercado e as preferências do consumidor, as empresas também devem buscar diferenciais, o que farão melhor do que as outras. “Hoje há empresas que produzem cerveja para gastronomia, isto é, para a confecção de receitas. Também há aqueles que produzem molhos, temperos, ou seja, o foco é para públicos diferentes”, afirma Bressiani.

Para o professor, há alguns tipos básicos de inovação. Entre eles o de produto. Um exemplo são os pães de cerveja produzidos pela cervejaria Schornstein com as sobras de grãos usados no processo de produção da bebida. O segundo seria o de processo, quando é modificada a forma de produção, algum equipamento é utilizado de maneira diferenciada ou a estratégia adotada no momento da fabricação vai além da tradicional.
Também existe a inovação organizacional e a ligada ao marketing, que tem foco nas estratégias de divulgação, posicionamento no mercado, na alteração do rótulo ou na confecção de embalagens diferenciadas. O educador ainda aponta a inovação em distribuição, ligada ao foco no trabalho com as distribuidoras, lojas especializadas ou venda através de e-commerce. Já as inovações Incrementais são voltadas às melhorias no rendimento e qualidade. “Inovação é transformar conhecimento em resultado”, acrescenta.

Foto_006-2016-IPA_emabalagem_menor

Como se inspirar e valorizar o produto
O especialista destaca ainda que para inovar no setor, o empresário deve combinar as informações da empresa, do mercado e as suas experiências, com novidades no segmento. A sugestão é participar dos eventos cervejeiros, visitar cervejarias pelo mundo, malterias, entre outras empresas do ramo que podem agregar sempre mais conteúdo. “Só é valor o que é percebido e valorizado pelo consumidor. Conteste absolutamente tudo em seu produto o tempo todo, para sempre encontrar estratégias diferenciadas e buscar soluções”, acrescenta o professor.

Escola Superior de Cerveja
https://www.facebook.com/cervejaemalte

Festival Brasileiro da Cerveja terá 16 de palestras e workshops na Programação Técnica

Foto_002-2015-Festival-da-Cerveja-2015

O Festival Brasileiro da Cerveja já se tornou referência nacional por reunir profissionais renomados que buscam dividir conhecimento e ampliar ainda mais o setor que não para de crescer no Brasil. Para estimular esta troca de experiências, palestras e workshops serão realizadas entre os dias 9 e 12 de março, na Vila Germânica e na Escola Superior de Cerveja e Malte. Devem participar mais de mil admiradores do segmento, entre os cervejeiros novatos e os mais experientes na área. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas através do site da Escola.
Para o público estão previstas diversas palestras com temáticas voltadas à gestão, degustação e harmonização, produção industrial e caseira. Dentre a programação será realizado um evento gratuito com teste cego, realizado pelo Sommelier Maurício Beltramelli e a Sommeliére Fabiana Arreguy.

A programação ainda inclui eventos técnicos para profissionais que já atuam no segmento. Serão debates e seminários sobre processos de produção, insumos e matéria-prima para a fabricação de cerveja. A programação é produzida para atender desde os mais leigos até os profissionais. “Com a expansão do mercado cervejeiro, principalmente das cervejarias artesanais, o festival deixou de ser um evento restrito a quem trabalha no setor e se tornou uma grande reunião de todos os admiradores do segmento”, explica Carlo Enrico Bressiani, diretor da Escola.

Foto_001-2015-Festival-da-Cerveja-2015

No Festival Brasileiro da Cerveja
A equipe da Escola Superior de Cerveja e Malte estará presente dentro do festival com um estande especial. No espaço, montado no setor 1 da Vila Germânica, os visitantes poderão tirar dúvidas sobre os cursos oferecidos na instituição durante o ano letivo. A Escola também marcará presença com estande na Feira Brasileira da Cerveja, que será realizada nesta edição pela primeira vez no setor 3 em paralelo com o festival. Mais um local para debater sobre negócios e demandas técnicas da produção cervejeira nacional.

Programação de palestras e workshops do Festival Brasileiro da Cerveja:
Dia: 9/3/2016
Horário: 13h30min – 14h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Enzimas
Palestrante: Ana Paula Freitas Pereira de Almeida

Horário: 14h30min – 15h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Maltes alemães em cervejas belgas
Palestrante: Thomas Weyermann – Weyermann (Agrária)
Língua: Alemão
Tradutor: Alexander Schwarz

Horário: 16h – 17h
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Entendendo as análises de malte e sua relevância na qualidade e performance cervejeira
Palestrante: David Griggs (Crisp – Agrária)
Língua: Inglês
Tradutor: Alexander Weckl

Horário: 18h30min – 20h
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Teste Cego – A transição de cervejas mainstream para artesanais
Palestrantes: Maurício Beltramelli, Fabiana Arreguy

Horário: 20h30min – 21h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Análises Sensoriais em Cervejas
Palestrante: Graciela Cervantes (Agrária)
Língua: Inglês
Tradutor: Lucas Leon Lacerda

Dia: 10/3/2016
Horário: 13h – 17h
Local: ESCM
Palestra: Seminário Técnico
Palestrantes: Marcelo Barga, Marcelo Cerdán, Gustavo Miranda, Fred Guenther

Programação do Seminário:
13-14h: Palestra Fermentação com Brettanomyces – the beauty of the funky
Palestrante: Marcelo Calide Barga

14h – 15h: Palestra Nova abordagem para interpretar e Analisar parâmetros e características de Leveduras mais utilizados e como estes influenciam as cervejas.
Palestrante: Marcelo Cerdán

15h – 16h: Palestra Diferentes tipos de mostura
Palestrante: Gustavo Miranda

16h -17h: Palestra A centrifugação no processo cervejeiro
Palestrante: Fred Guenther

Horário: 18h30min – 20h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Debate: Políticas Públicas para o mercado de cerveja artesanal
Debatedores: Alexandre Bazzo, Carlo Lapolli, Afifi Domigues, Luciano Wensky, Carlo Bressiani (Moderador)

Horário: 21h – 22h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Cervejas e Sobremesas: uma doce combinação
Palestrante: José Raimundo Padilha

Data: 11/3/2016
Horário: 14h- 15h
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Lúpulos Aromáticos Alemães
Palestrante: Carlos Ruiz (HVG)

Horário: 15h30min – 16h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Lúpulos Eslovenos
Palestrante: Naschiket Vaishnav
Língua: Inglês
Tradutor: Alexander Weckl

Horário: 17h – 18h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Debate: Tendências do Mercado de Cerveja Artesanal na América Latina
Debatedores: Jaime Ojeda (CHI), Maurício Zipf (BRA), Samuel Cavalcanti (BRA), Douglas Merlo (BRA), Paulo Bettiol (BRA), Carlo Bressiani (BRA)- Moderador

Horário: 19h30min – 20h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: O Crescimento do Beer Judge Certification Program (BJCP) no Brasil: desafios e perspectivas
Palestrante: Marcos Odebrecht Jr

Horário: 21h -22h
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Sour Beer e a gastronomia: estilos, usos e harmonizações
Palestrante: Ronaldo Rossi

Dia: 12/3/2016
Horário: 15h30min – 16h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Brew Pubs e outras cervejarias: integração e equilíbrio
Palestrante: Idney José da Silva Jr.

Horário: 17h – 18h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Princípios do mercado cervejeiro para home brewers
Palestrante: Leonardo Sewald

Horário: 19h – 20h30min
Local: Auditório Vila Germânica
Palestra: Cervejas & Queijos Artesanais – Da taça a tabua um passeio pelos sabores da cultura brasileira.
Palestrante: Daniel Martins

 

Escola Superior de Cerveja
Rua Elsbeth Feddersen, 72, Salto Norte, Blumenau.