Arquivo da tag: Festa Junina

Vamos entrar no clima de São João?

CO_arraia_bandeirinhas

🎼“O balão vai subindo
vai caindo a garoa
o céu é tão lindo
a noite é tão boa

São joão, São joão
acende a fogueira do meu coração” 🎼

E esta vontade de sair dançando? Como faz pra controlar? 💃


 

Nos meses de junho e julho são realizadas, em todo o Brasil, as Festas de São João ou Festas Juninas. Em algumas regiões, os festejos em homenagem a Santo Antônio, São Pedro e o próprio São João movimentam o calendário a partir de maio e encerram somente em agosto. O número de comidas e bebidas típicas é tão grande que torna a festa uma das mais populares no país. De Norte a Sul, de Leste a Oeste, não importa onde, algumas comidas e bebidas não podem faltar. Por isso, separamos as principais, além de uma receita deliciosa de Pé de Moleque.

Principais comidas e bebidas de Festa Junina:

– Arroz Doce: prático, rápido e super saboroso, esta é uma sobremesa simples com poucos ingredientes. A receita pode levar apenas leite ou também o leite condensado. Algumas pessoas gostam de colocar cravo e canela, para dar aquele toque especial.

1- Arroz doce

Canjica: é um prato muito comum no Nordeste e Sul do país, mas em cada região o significado é diferente: no Nordeste  é conhecido por canjica o creme ou mingau de milho. Já em São Paulo e Sul, conhece-se por canjica o milho branco debulhado e cozido no leite.2-Canjica

Bolo de milho: a receita tradicional é feita no liquidificador e por levar milho e leite condensado fica com uma consistência cremosa. A dica aqui é combinar com uma das bebidas quentes típicas de São João, como o quentão.

3-Bolo de milho

Cachorro quente: o mais comum durante as festas é servi-lo em um saquinho ou guardanapo xadrez. Uma dica é deixá-los todos montados para que as pessoas já os peguem prontos.

4- Cachorro Quente
– Milho verde: cozinhar milho parece uma tarefa bem simples, não é mesmo? Mas existem alguns segredinhos, uma dica é colocar um pouco de açúcar na água de cozimento.

5- Milho

–  Pinhão: um dos queridinhos das Festas Juninas, o Pinhão pode ser feito cozido ou assado no fogão a lenha (ou em chapas). É bastante comum na região Sul do Brasil e tem um grande valor nutricional. COLOCAR LINK DO BLOG SOBRE AS RECEITAS DE PINHÃO

6- Pinhao

– Pipoca: a pipoca não pode faltar nas festas juninas. Uma dica é colocar em saquinhos na hora de servir.

7- Pipoca

 

Doces

 Cocada/ Quindim / PaçocaDoce de Abóbora/ Maria-mole/ Maçã do amor/ Suspir/  Rapadura
8-15 Doces

 Bebidas

 – Vinho Quente: nessa opção, o vinho é fervido com água, cravo, canela, gengibre e maçã. A bebida fica bem aromatizada e lembra o quentão, porém, o sabor é mais suave, já que não leva pinga. A quantidade de vinho pode ser mudada conforme sua necessidade.

16- Vinho quente

 Quentão: essa é a bebida mais tradicional das Festas Juninas. A receita leva vinho, cachaça, algumas frutas e especiarias, criando um sabor único.

17-Quentao

 Entre no clima de São João com a Playlist: https://www.youtube.com/playlist?list=PLQ-WFCDLD86j7KfkfRfDI3FYpJ4g0Na2y

 

 

 

Quitutes de Festa Julina

Junho acabou, mas a época ainda é de festas! A tradicional Festa Junina, ou de São João, cede lugar às Festas Julinas, que são realizadas durante todo o mês de Julho. Independente do mês, o que não pode faltar no seu arraial é o figurino xadrez, chapéu e botas, quadrilha, além de música e comidas típicas. Sabendo disso, a BWB Embalagens e o chef Eduardo Beltrame prepararam uma saborosa e fácil receita, para deixar a sua comemoração ainda mais doce! Confira:

Festa Julina

Fotos: Ivanildo Porto

 

Pudim curau

Ingredientes casquinha / decoração

300 gramas de chocolate branco

5 gramas de canela em pó

Corante alimentício para chocolate e em gel – amarelo

Forma especial (“silicone”) BWB Embalagens – modelo pudim (cód. 1403)

 

Ingredientes trufa curau

500 gramas de chocolate branco

300 gramas de creme de leite

30 gramas de pó saborizante para sorvete – sabor milho

20 gramas de glucose

50 gramas de manteiga

Corante alimentício para chocolate e em gel – amarelo (opcional)

 

Preparo passo a passo

  1. Para a casquinha, derreta o chocolate branco (micro-ondas, potência média, de 30 em 30 segundos, até total derretimento). Faça a temperagem (explicação no final do post) e pingue gotas de corante alimentício amarelo, até obter a coloração desejada. Misture bem e reserve. Salpique com canela em pó a cavidade da forma.
  2. Com o chocolate “temperado” e tingido, preencha as cavidades das formas, até atingir o limite demarcado na própria forma.
  3. Disponha a parte flexível (“silicone”) e a terceira parte da forma. Pressione suavemente. O chocolate deve preencher toda a forma. Vire a forma (posição ideal para ir à geladeira) e passe o dedo indicador em toda a volta da cavidade (esse processo garante perfeição no acabamento). Leve à geladeira, até total secagem do chocolate (cerca de 10 minutos) e ponto de desenformar (forma opaca).
  4. Para o preparo do recheio, derreta o chocolate branco (micro-ondas, potência média, de 30 em 30 segundos, até total derretimento). Misture bem os demais ingredientes. Reserve. Retire a forma da geladeira, extraia a terceira parte da forma, elimine possíveis rebarbas de chocolate e tire o “silicone”. Com a casquinha ainda na cavidade da forma, preencha com o recheio, deixando cerca de 0,5cm sem completar. Cubra com o chocolate e volte a casquinha para a geladeira, apenas para secar.
  5. Desenforme com cuidado, deixe descansar e embale ou sirva sobre forminhas de papel.

 

Temperagem (choque-térmico)

Existem várias técnicas para fazer a temperagem. O importante é devolver o chocolate derretido à temperatura ideal (28 a 30º C). Para tanto, pique o chocolate e divida em três partes iguais. Leve duas partes para derreter e pique 1/3 restante em pedaços bem pequenos. Reserve. Após total derretimento de 2/3 do chocolate, adicione o chocolate reservado. Misture bem, até ter todo o chocolate derretido e atingir 28º C (use um termômetro culinário ou encoste um pouco do chocolate no lábio e certifique-se de uma sensação fria).

Rendimento: 35 unidades / Validade: 7 dias

Canjica para Festa Junina

Chegou Junho e com ele as gostosuras das festas juninas! A canjica é um doce típico brasileiro muito popular essa época do ano. Separamos uma receita para você se deliciar em casa!

Ingredientes
500 g de milho para canjica
2 litros de água
1 lata de leite condensado
400 ml de leite de coco
500 ml de leite
2 paus de canela
1/2 colher (chá) de canela em pó
10 cravos
2 colheres (sopa) de açúcar, ou a gosto
2 xícaras de coco ralado
Amendoim torrado picado pra decorar (opcional)

Modo de preparo
1. Deixe a canjica de molho na água durante a noite.

2. Numa panela grande, cozinhe a canjica na mesma água por 50 minutos.

3. Quando a canjica estiver macia, junte o leite condensado, o leite de coco, o leite e misture bem com uma colher de pau.

4. Acrescente as canelas, o cravo e o açúcar.

5. Deixe levantar fervura, depois diminua o fogo e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos, até engrossar.

6. Adicione o coco ralado e, se desejar, adoce mais. Sirva quente em xícaras ou tigelas individuais. Decore com uma pitada de canela em pó e uma colher (sopa) de amendoim picado, se desejar.

Rendimento: 10 porções