Arquivo da tag: sal

Promover a felicidade por meio de bons pratos é a proposta de Denis Ceratti Pernanchini

Ficha técnica
Chef: Denis Ceratti Pernanchini
Restaurante: Number Seven
Cidade: Balneário Camboriú

Marseille Octopus com risoto_number seven

Ele tem somente 26 anos de idade e seis deles dedicados à cozinha, mas tempo suficiente para entender a alquimia que é o processo da produção gastronômica. Foi o fato de esta ser uma profissão que une o mundo inteiro que optou em ser chef.

“E também por gostar muito de comer”, dispara Denis Ceratti Pernanchini, à frente do famoso Number Seven, em Balneário Camboriú.

No dia a dia profissional, o que mais admira é a possibilidade de fazer pessoas felizes depois de uma boa refeição. “E o aprendizado diário que uma cozinha proporciona”. Dedicado às receitas, responde por delícias exclusivas, oferecidas no restaurante de frente para o mar, no mais famoso balneário do Sul do Brasil. E não abre mão de ter sempre o sal como ingrediente indispensável.

Denis Ceratti Pernanchini

O “Senhor Sabor” de Denis Ceratti Pernanchini, aquele que mexe com seus sentidos, sentimentos, que o remete a coisas boas é o sabor de comida caseira feita com amor e respeito. “Quando cozinhamos com amor criamos laços afetivos com pessoas e a família”, justifica.

Restaurantes de Chapecó não poderão mais ter saleiro nas mesas

A partir desta terça-feira (20/8) os restaurantes, bares e lanchonetes de Chapecó não poderão mais deixar os saleiros em cima das mesas. A iniciativa é de um vereador e médico da cidade no Oeste Catarinense. O estabelecimento que descumprir a lei será multado em R$ 1.038.

Foto_133-2013 (sal no restaurante)

A alegação do legislador é que o número de pessoas com pressão alta não para de crescer na cidade. Quem quiser mais sal na comida terá que pedir ao garçom. E você, o que achou disso?

Foto_134-2013 (sal no restaurante)

Sobre o consumo de sal:

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o consumo ideal de sal não deve passar de 5 gramas por dia. O brasileiro ingere em média 15 gramas por dia. O consumo de sal em excesso está ligado à hipertensão, infartos e retenção de líquido.

Campanha nacional pela redução do sal

A Abrasel, em parceria com o Ministério da Saúde, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Associação Catarinense de Supermercados (Acats), com apoio da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) lançou a campanha cujo foco é a redução do sal na alimentação. A campanha trabalha a conscientização dos consumidores em relação aos malefícios do consumo excessivo de sal, trazendo orientações para o uso racional do produto, como a retirada do saleiro da mesa e o uso de temperos naturais, segundo orientação do Ministério da Saúde. Além disso a campanha visa orientar a fazer escolhas de alimentos mais saudáveis com base nas informações dos rótulos.

De acordo com dados da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, o consumo diário de sal no Brasil atualmente é de 12 gramas, enquanto o recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de apenas 5 gramas. O objetido é de atingir esse consumo diário recomendado pela OMS até 2022, como parte do Plano de Ações Estratégicas para Enfretamento das Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT), diz a Anvisa.

Um dos fatores de risco para desenvolvimento dessas doenças é a hipertensão, causada principalmente pelo alto consumo de sal. A campanha lançada nesta terça é uma das respostas ao acordo firmado em abril de 2011, no qual estão previstas medidas para o consumo consciente e promoção da alimentação saudável, entre outras.