Arquivo da tag: salada

Salada Olivier por James Winter

salada-olivierQuer uma sugestão de salada para as ceias de fim de ano? Hoje o Senhor Sabor traz uma receita tradicional, que você já deve ter ouvido falar, mas não imagina como ela é importante para o Ano Novo de uma certa cultura. No livro “Quem colocou filé no Wellington”, James Winter relembra como pratos consagrados da culinária mundial foram criados, apresentando receitas adaptadas.

A Salada Olivier surgiu por volta de 1864, pelas mãos do belga Lucian Olivier, junto com a abertura do Restaurante Hermitage, em Moscou, que tinha forte influência francesa. A ideia do chef era fazer com que a cidade russa tivesse uma comida tão refinada quanto Paris. De forma secreta, ele preparava a receita que unia caviar negro, alcaparras e frango cozido no vapor em um caldo feito com carcaça de aves. Lagostim e pedaços de língua de boi eram colocados ao redor e temperados com emulsão de azeite, gemas, vinagre francês, mostarda e especiarias. Batata recheada com pepino em conserva e ovo cozido decoravam o prato.

Mas como tudo que é secreto desperta interesse, funcionários de Olivier conseguiram roubar o modo de preparo e passaram a servi-la com outro nome, em outros restaurantes, o que gera até hoje uma enorme discussão sobre a sua criação e os seus ingredientes tradicionais. Mas o certo é que depois da segunda Guerra Mundial, os russos passaram a olhar para o passado com nostalgia e muitos pratos começaram a ser reconhecidos e valorizados. Com algumas adaptações, a Salada Olivier passou a ser obrigatória na virada de ano e nós trazemos a versão de James Winter para você testar no seu Réveillon. Anote aí:

Salada Olivier
Ingredientes:
2 peitos de frango grandes com osso e pele
1 folha de louro
6 grãos de pimenta do reino
1 cebola cortada em pedaços
1 batata
125g de maionese
75g de iogurte natural
2 colheres de chá de mostarda Dijon
Suco de 1 limão
1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
Um punhado de estragão bem picado
2 colheres de sopa de azeite
10 pepinos em conserva
Um punhado de salsa bem picada
2 ovos cozidos
100g de camarões pequenos cozidos
Caviar sevruga a gosto
12 folhas de endívia branca

Modo de preparo:
Cozinhe o frango com a folha de louro, a pimenta e a cebola em 200ml de água por 40 minutos ou até que o frango esteja bem macio. Retire a pele e solte a carne dos ossos. Pique em cubinhos. Enquanto isso, cozinhe a batata até que fique macia, mas não se desmanche. Misture a maionese, o iogurte, a mostarda e o suco de limão. Adicione o vinagre, até alcançar um sabor equilibrado. Junte o estragão e o azeite e misture bem. Pique os pepinos em pedaços bem pequenos e junte com o molho de maionese, o frango, a batata e a salsa. Finalize com os ovos picados e os camarões. Coloque o caviar por cima e ajeite as folhas de endívia nas bordas, para que as pessoas possam se servir com elas.

Do jardim para a mesa: salada Primavera, colorida, saborosa e nutritiva

dia-24-9-2016-amor-perfeito-saladaOntem (23/9) começou a Primavera e para celebrar a sua chegada, e a nossa semana especial, o Senhor Sabor traz uma salada super leve, com muito sabor e cheia de nutrientes. A ideia é seguir a recomendação das nutricionistas com um prato bem colorido e fazer um teste com as flores comestíveis. Vamos lá?

Salada Primavera com Maracujá
Ingredientes salada:
1 folha de alface mimosa roxa
1 folha de alface americana
4 folhas de radicchio (espécie de chicória)
1 unidade de manga
6 unidades de morango
6 pétalas de amor-perfeito

Ingredientes molho:
100 ml de óleo de oliva
50 ml de suco de maracujá
30 ml de água
1 colher de sal
1 colher de pimenta

Modo de preparo:
Lave bem todos os ingredientes, rasgue as folhas em pedaços e corte os morangos e a manga. Regue com o molho de maracujá, cujos ingredientes devem ser batidos em um mixer ou no liquidificador. Finalize com as pétalas de amor-perfeito.

E aí? Gostou da nossa semana especial? Se você entrar nessa onda, compartilha com a gente a sua experiência!

Salada de pote de Inverno

Dia 11-6-2016 (Salada de pote_Larissa Guerra)

O Inverno pede alguns pratos mais quentes, mas mesmo na estação mais fria do ano não podemos descuidar com a alimentação. Além dos pratos tradicionais, é bom manter a ingestão de alimentos frescos e saudáveis, como uma boa salada. Quem é adepto das marmitas ou das comidinhas rápidas já ouviu falar na “salada de pote”. Quer saber como preparar em casa? A Larissa Guerra, jornalista e estudante de Gastronomia, produziu um material especial para o Senhor Sabor com algumas dicas:

Dia 11-6-2016 (Salada de pote de Inverno_Larissa Guerra)

Seja por motivos de crise ou para virar musas e musos fitness, a tal da salada no pote virou modinha e tem muita gente fazendo suas experimentações em casa para caprichar na marmita e postar foto no instagram (eu). Quando a gente olha para um pote desses pela primeira vez, temos a impressão que precisamos ser muito masterchef para juntar os ingredientes e fazer algo que fique tão  hipster e gostoso assim, né? De tanto ver pins no Pinterest sobre isso, fiquei curiosa e resolvi testar.

Primeiro, eu preciso fazer um adendo e dizer que não sou nenhuma especialista em alimentação saudável. Acho lindo, mas sigo muito mais a linha de que o mais importante é fugir de gororobas ultraprocessadas e industrializadas e dedicar-se a cozinhar e conhecer os processos e a origem de tudo o que a gente consome em casa.

Dito isso, no fim das contas, descobri que fazer salada no pote não tem muito segredo, apenas uma regra que eu aconselho que você jamais ouse ignorar: comece pelos itens mais úmidos e deixe os ingredientes secos para o final.

Essa dica eu aprendi com a santa Rita Lobo e ela faz todo sentido: se você misturar logo de cara o molho com a alface ela provavelmente estará murcha e depressiva na hora de comer. Então, tente seguir mais ou menos essa ordem que tudo vai dar certo:

– molho (os meus preferidos são mostarda e mel e pesto, mas pode ser qualquer molho de sua preferência)
– legumes e grãos que possam ficar de boas em contato com o molho (grão de bico, brócolis, pepino, feijão e por aí vai). Também vale jogar uns cubinhos de queijo branco nessa etapa.
– legumes e vegetais que não necessitam de contato direto com o molho (tomate, milho, cenoura, etc)
– proteína ou carboidrato: nessa etapa eu gosto de colocar bifum, arroz integral, ou um peito de frango desfiado.
– folhas verdes: chegou a hora da alface, rúcula, agrião e todas essas folhas verdes cheias de saúde.
– sementes e grãos pequenos para finalizar, como chia, linhaça, gergelim.

Por Larissa Guerra, jornalista e estudante de Gastronomia.

DNA Natural tem novidades no cardápio de Verão

Em Balneário Camboriú, o DNA Natural, ponto de encontro daqueles que preferem uma alimentação mais balanceada, trouxe para o seu cardápio de Verão novidades que prometem nutrir e deixar a estação mais quente do ano ainda melhor.

Uma das novidades é a Salada de Quinoa, preparada com cenoura, tomate cereja e alface. O prato é fonte de cálcio, ferro, vitaminas, fibras, proteínas e aminoácidos.

 

ssblog010116

 

Quem chegou ao menu também foi a Salada Mediterrânea, que apresenta uma combinação de vitamina A, magnésio, gordura poli-insaturada, auxiliando na redução do colesterol ruim.

Entre as bebidas, o Suco Terapêutico Shape 10, que leva laranja, abacaxi, mel, limão e gengibre, vem para ajudar na hidratação e de quebra, combater o stress, diminuir doenças inflamatórias e acelerar o metabolismo.

 

É de dar água na boca e comer sem remorso!

Fresh Bowl Salads chega a Balneário Camboriú

A franquia do Fresh Bowl Salads aproveitou o Verão e início da temporada para aterrissar em Balneário Camboriú, trazendo para os moradores e turistas que passam pela cidade, a proposta de um cardápio mais leve e saudável.

Entre as sugestões do lugar estão às saladas, com opções originais, criadas pelo chef da casa, e outras possibilidades que podem ser montadas de acordo com o gosto do cliente, tudo tendo como base folhas verdes frescas e orgânicas, que se misturam aos cereais, legumes, proteínas e molhos autorais.

 

ssblog301201

 

O menu oferece ainda tapioca, frozen açaí, brownie tradicional ou com massa de batata doce, água de coco in natura e sucos funcionais. Além disso, com o cair da tarde os pratos à la carte, com receitas de carnes, aves, frutos do mar e risotos, podem fazer parte do pedido do cliente.

O Fresh Bowl Salads fica na Avenida Atlântica e faz parte do projeto de expansão da franquia, que recentemente também se instalou na Capital Florianópolis.