Arquivo da tag: São João

Vamos entrar no clima de São João?

CO_arraia_bandeirinhas

🎼“O balão vai subindo
vai caindo a garoa
o céu é tão lindo
a noite é tão boa

São joão, São joão
acende a fogueira do meu coração” 🎼

E esta vontade de sair dançando? Como faz pra controlar? 💃


 

Nos meses de junho e julho são realizadas, em todo o Brasil, as Festas de São João ou Festas Juninas. Em algumas regiões, os festejos em homenagem a Santo Antônio, São Pedro e o próprio São João movimentam o calendário a partir de maio e encerram somente em agosto. O número de comidas e bebidas típicas é tão grande que torna a festa uma das mais populares no país. De Norte a Sul, de Leste a Oeste, não importa onde, algumas comidas e bebidas não podem faltar. Por isso, separamos as principais, além de uma receita deliciosa de Pé de Moleque.

Principais comidas e bebidas de Festa Junina:

– Arroz Doce: prático, rápido e super saboroso, esta é uma sobremesa simples com poucos ingredientes. A receita pode levar apenas leite ou também o leite condensado. Algumas pessoas gostam de colocar cravo e canela, para dar aquele toque especial.

1- Arroz doce

Canjica: é um prato muito comum no Nordeste e Sul do país, mas em cada região o significado é diferente: no Nordeste  é conhecido por canjica o creme ou mingau de milho. Já em São Paulo e Sul, conhece-se por canjica o milho branco debulhado e cozido no leite.2-Canjica

Bolo de milho: a receita tradicional é feita no liquidificador e por levar milho e leite condensado fica com uma consistência cremosa. A dica aqui é combinar com uma das bebidas quentes típicas de São João, como o quentão.

3-Bolo de milho

Cachorro quente: o mais comum durante as festas é servi-lo em um saquinho ou guardanapo xadrez. Uma dica é deixá-los todos montados para que as pessoas já os peguem prontos.

4- Cachorro Quente
– Milho verde: cozinhar milho parece uma tarefa bem simples, não é mesmo? Mas existem alguns segredinhos, uma dica é colocar um pouco de açúcar na água de cozimento.

5- Milho

–  Pinhão: um dos queridinhos das Festas Juninas, o Pinhão pode ser feito cozido ou assado no fogão a lenha (ou em chapas). É bastante comum na região Sul do Brasil e tem um grande valor nutricional. COLOCAR LINK DO BLOG SOBRE AS RECEITAS DE PINHÃO

6- Pinhao

– Pipoca: a pipoca não pode faltar nas festas juninas. Uma dica é colocar em saquinhos na hora de servir.

7- Pipoca

 

Doces

 Cocada/ Quindim / PaçocaDoce de Abóbora/ Maria-mole/ Maçã do amor/ Suspir/  Rapadura
8-15 Doces

 Bebidas

 – Vinho Quente: nessa opção, o vinho é fervido com água, cravo, canela, gengibre e maçã. A bebida fica bem aromatizada e lembra o quentão, porém, o sabor é mais suave, já que não leva pinga. A quantidade de vinho pode ser mudada conforme sua necessidade.

16- Vinho quente

 Quentão: essa é a bebida mais tradicional das Festas Juninas. A receita leva vinho, cachaça, algumas frutas e especiarias, criando um sabor único.

17-Quentao

 Entre no clima de São João com a Playlist: https://www.youtube.com/playlist?list=PLQ-WFCDLD86j7KfkfRfDI3FYpJ4g0Na2y

 

 

 

Aprenda a fazer o delicioso Buraco quente de Linguiça Blumenau

Foto_018-2016

O Buraco Quente é um lanche comum em botecos, e nada mais é do que um pão francês recheado, geralmente com carne. Porém, a receita permite muitas variações e o sucesso é garantido. O sanduíche é uma ótima pedida para quem não tem tempo de preparar algo mais elaborado e, mesmo assim, quer impressionar os convidados. Para as festividades de São João que estão perto, essa pode ser uma boa opção.

 

O Buraco Quente também combina muito com o Inverno, já que é um alimento mais “reforçado”. Outro ingrediente que casa muito bem com a estação mais fria do ano é a Linguiça Blumenau, prova disso são as vendas da Olho Embutidos e Defumados, que aumentam em cerca de 25% durante o período. “Costumamos dizer que a nossa “safra” é entre maio e setembro. O nosso faturamento aumenta consideravelmente”, destaca o sócio da empresa de Pomerode, Luiz Antonio Bergamo.

 

Visto que o Buraco Quente e a Linguiça Blumenau são bastante democráticos e permitem muitas variações, a Olho juntou os dois em uma única receita. “O resultado é o Buraco Quente de Linguiça Blumenau flambado na cachaça. Simplesmente saboroso, prático e rápido de fazer. Fica pronto em aproximadamente 10 minutos. Essa pode ser uma boa saída para  dias frios, quando geralmente bate aquela preguiça de cozinhar”, complementa Bergamo. Confira o passo a passo.

 

Buraco Quente de Linguiça Blumenau Flambada na Cachaça

 

Ingredientes

1 Linguiça Blumenau Olho

1 cebola

50 ml de cachaça

Pão francês

 

Modo de preparo

 

Corte a Linguiça Blumenau Olho em rodelas e fatie a cebola. Reserve. Em uma frigideira doure a Linguiça Blumenau e, em seguida, acrescente a cebola. Mexa. Depois acrescente 50 ml de cachaça e vire a frigideira, com muita cautela, para que o álcool pegue fogo. A chama irá baixar aos poucos. Corte os pães como preferir e recheie com a Linguiça Blumenau flambada na cachaça.

 

Dica: Você pode cortar uma ponta do pão, tirar o miolo ou apenas empurrar para as laterais e rechear. Outra opção é cortar o pão francês ao meio e servir em porções menores. Pães em formato mini também podem ser uma boa pedida.

 

Rendimento: Quatro porções. Aumente a quantidade de acordo com o número de pessoas.

 Foto_019-2016

Olho Embutidos e Defumados
Rua Ribeirão Areia, 1822, Bairro Ribeirão Areia, Pomerode (SC)

Quitutes de Festa Julina

Junho acabou, mas a época ainda é de festas! A tradicional Festa Junina, ou de São João, cede lugar às Festas Julinas, que são realizadas durante todo o mês de Julho. Independente do mês, o que não pode faltar no seu arraial é o figurino xadrez, chapéu e botas, quadrilha, além de música e comidas típicas. Sabendo disso, a BWB Embalagens e o chef Eduardo Beltrame prepararam uma saborosa e fácil receita, para deixar a sua comemoração ainda mais doce! Confira:

Festa Julina

Fotos: Ivanildo Porto

 

Pudim curau

Ingredientes casquinha / decoração

300 gramas de chocolate branco

5 gramas de canela em pó

Corante alimentício para chocolate e em gel – amarelo

Forma especial (“silicone”) BWB Embalagens – modelo pudim (cód. 1403)

 

Ingredientes trufa curau

500 gramas de chocolate branco

300 gramas de creme de leite

30 gramas de pó saborizante para sorvete – sabor milho

20 gramas de glucose

50 gramas de manteiga

Corante alimentício para chocolate e em gel – amarelo (opcional)

 

Preparo passo a passo

  1. Para a casquinha, derreta o chocolate branco (micro-ondas, potência média, de 30 em 30 segundos, até total derretimento). Faça a temperagem (explicação no final do post) e pingue gotas de corante alimentício amarelo, até obter a coloração desejada. Misture bem e reserve. Salpique com canela em pó a cavidade da forma.
  2. Com o chocolate “temperado” e tingido, preencha as cavidades das formas, até atingir o limite demarcado na própria forma.
  3. Disponha a parte flexível (“silicone”) e a terceira parte da forma. Pressione suavemente. O chocolate deve preencher toda a forma. Vire a forma (posição ideal para ir à geladeira) e passe o dedo indicador em toda a volta da cavidade (esse processo garante perfeição no acabamento). Leve à geladeira, até total secagem do chocolate (cerca de 10 minutos) e ponto de desenformar (forma opaca).
  4. Para o preparo do recheio, derreta o chocolate branco (micro-ondas, potência média, de 30 em 30 segundos, até total derretimento). Misture bem os demais ingredientes. Reserve. Retire a forma da geladeira, extraia a terceira parte da forma, elimine possíveis rebarbas de chocolate e tire o “silicone”. Com a casquinha ainda na cavidade da forma, preencha com o recheio, deixando cerca de 0,5cm sem completar. Cubra com o chocolate e volte a casquinha para a geladeira, apenas para secar.
  5. Desenforme com cuidado, deixe descansar e embale ou sirva sobre forminhas de papel.

 

Temperagem (choque-térmico)

Existem várias técnicas para fazer a temperagem. O importante é devolver o chocolate derretido à temperatura ideal (28 a 30º C). Para tanto, pique o chocolate e divida em três partes iguais. Leve duas partes para derreter e pique 1/3 restante em pedaços bem pequenos. Reserve. Após total derretimento de 2/3 do chocolate, adicione o chocolate reservado. Misture bem, até ter todo o chocolate derretido e atingir 28º C (use um termômetro culinário ou encoste um pouco do chocolate no lábio e certifique-se de uma sensação fria).

Rendimento: 35 unidades / Validade: 7 dias